terça-feira, agosto 28, 2007

Somos Livres ...

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Dedicada ao Ludovicus e á Maria ...!

Ontem apenas
fomos a voz sufocada
dum povo a dizer não quero;
fomos os bobos-do-rei
mastigando desespero.

Ontem apenas
fomos o povo a chorar
na sarjeta dos que, à força,
ultrajaram e venderam
esta terra, hoje nossa.

Uma gaivota voava, voava,
assas de vento,
coração de mar.
Como ela, somos livres,
somos livres de voar.

Uma papoila crescia, crescia,
grito vermelho
num campo cualquer.
Como ela somos livres,
somos livres de crescer.

Uma criança dizia, dizia
"quando for grande
não vou combater".
Como ela, somos livres,
somos livres de dizer.

Somos um povo que cerra fileiras,
parte à conquista
do pão e da paz.
Somos livres, somos livres,
não voltaremos atrás.


"Somos Livres" de Ermelinda Duarte

Post em Simultâneo n´A Minha Matilde & Cª

5 comentários:

Ludovicus Rex disse...

Obrigado, Somos todos Livre, Todos.
Um abraço

Vera disse...

Gostei!!! MUITO mesmo!

Beijinhos

Jacinta Correia disse...

Há anos que não me deparava com este poema/canção. Mas lembro-me de a cantar. Bom recordar. Fica bem.

Naty disse...

Olá vim visitar-te e gostei do que li e vi
bjs naty

Å®t Øf £övë disse...

Miguel,
Acabaste de me recordar uma música que eu tanto cantava quando era puto, e que já nem me lembrava.
É um verdadeiro hino de liberdade pós 25 de Abril.
Abraço.